Colégios de Apucarana, Maringá e região registram casos de Covid-19

Mesmo antes da retomada das aulas híbridas, marcada para o dia 1º de março, 61 colégios estaduais já registram surtos de Covid-19.

Segundo a APP-Sindicato, que representa professores e funcionários da rede estadual de ensino, a contaminação aconteceu durante a semana pedagógica e a preparação para a retomada das aulas presenciais.

Colégios em Apucarana, Maringá, Faxinal e Arapongas registraram casos.

Em nota, a secretaria de Estado de Educação (SEED) informou que os colégios estaduais com casos de Covid-19 vão proceder conforme a resolução 98/2021 da Secretaria da Saúde, que prevê a “possibilidade de cancelamento das atividades presenciais de forma parcial ou total, de uma turma ou mais e, eventualmente, de toda Instituição de Ensino, conforme orientação das autoridades sanitárias locais e regionais”, na presença de casos suspeitos ou confirmados de Covid-19 na comunidade escolar ou acadêmica.

Os educadores já aprovaram greve a partir do dia 1º para aulas presenciais.

O Sindicato disponibilizou um formulário e um e-mail para denúncias (que podem ser anônimas) sobre as condições sanitárias das escolas. O e-mail é: [email protected]

Nos próximos dias, os dirigentes do Sindicato prometem intensificar visitas às escolas para verificação de situações de descumprimento de resoluções e decretos do próprio governo e conversarão com profissionais, pais, mães e estudantes sobre as propostas da APP-Sindicato para a realização de aulas online e em defesa da vida.

Em Apucarana pelo menos três colégios registraram casos de covid-19 e em Maringá foram seis. 

Seis instituições estaduais da Região Metropolitana de Curitiba já tiveram casos de Covid-19 entre servidores, segundo levantamento da APP-Sindicato. 

Londrina, Cascavel, Foz do Iguaçu e entre outros, também registraram surto da doença.