Governo do DF contratará servidores aposentados para combater pandemia

O Governo do Distrito Federal (GDF) selecionará servidores públicos aposentados e militares inativos para que atuem nas frentes de combate à pandemia.A ideia é preencher 250 vagas, sendo 30 para médicos clínicos, 20 para nefrologistas, 20 para intensivistas, 30 para fisioterapeutas, 50 para enfermeiros e 100 para técnicos em enfermagem.

A contratação será feita por meio de processo seletivo simplificado emergencial para formação de cadastro, e as inscrições vão de 24 a 28 de março por meio do site da Associação Organizadora de Concursos Públicos (AOCP). Não há cobrança de taxa de inscrição, e a divulgação do resultado preliminar será em 2 de abril.

As remunerações variam de R$ 2.892 ( técnico em enfermagem) a R$ 12.654 (médico). Fisioterapeutas e enfermeiros serão remunerados receberão R$ 6.110.

O governo do DF pretende, também, oferecer a ampliação da carga horária aos profissionais médicos, infectologistas e pneumologistas, além de enfermeiros, fisioterapeutas, técnicos de enfermagem, de laboratório e de radiologia que atuam nas emergências, unidades de tratamento intensivo (UTI's), unidades de cuidados intermediários e leitos de retaguarda da clínica médica.