Paraná

Usina de Itaipu aumenta vazão de água para ajudar escoamento da safra paraguaia de grãos pelo Rio Paraná

Com aumento da produção de energia, nível do rio deve aumentar em pelo menos 1,5 m. 100 mil toneladas de grãos estão em armazéns aguardando para serem exportados.

A Usina Hidrelétrica de Itapu, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, aumentou a vazão de água turbinada nesta segunda-feira (3) para ajudar no escoamento da safra paraguaia de grãos.

Com o aumento na produção de energia pela usina, o nível do Rio Paraná deve subir cerca de 1,5 metro, permitindo que barcaças com a carga naveguem pelo rio.

De acordo com a Itaipu, o aumento da vazão vai acontecer sem que seja necessário abrir o vertedouro da usina.

Segundo o governo paraguaio, 100 mil toneladas de soja estão paradas em armazéns aguardando escoamento.

O aumento na defluência de água vai acontecer por 13 dias, segundo a Itaipu. De segunda a sexta-feira, serão 7,5 mil metros cúbicos de água por segundo. Já nos finais de semana, a defluência será de 7,1 mil metros cúbicos de água por segundo.

Escoamento

O aumento da produção de energia pela Itaipu deve abrir a chamada "janela de água" no rio.

Com isso, mais de cem barcaças carregadas de grãos, divididas em oito comboios, devem fazer o transporte da carga.