Mandaguari

SuperBac emite nota oficial sobre suspensão das atividades em Mandaguari

Empresa alega que está dentro dos serviços essenciais de acordo com o estado e que tem prazos a seguir

Na tarde desta sexta-feira (5), a empresa de fertilizantes SuperBac emitiu uma nota justificando a continuidade de suas atividades mesmo com o novo decreto vigente no município, que determina o fechamento das indústrias em Mandaguari.

Por meio da assessoria de imprensa a empresa afirmou que “a SuperBAC é uma empresa da cadeia produtiva do agronegócio, que atua na fabricação e comercialização de fertilizantes e de acordo com os termos do Decreto Federal nº 10.282/2020 e Decreto Estadual do Paraná nº 4.317/2020, executa atividades consideradas essenciais, devendo ter resguardado o seu regular funcionamento durante o período de pandemia da COVID-19.

Caso sua operação seja paralisada, muito além dos prejuízos causados à empresa, haverá um alto impacto negativo na produção de alimentos e na preservação de abastecimento da população, tão necessária nesse período dramático de pandemia.

Como indústria produtora de insumos básicos e necessários para a manutenção da produção agrícola, a SuperBac entende ser de vital importância continuar atuando ininterruptamente. Os produtores rurais trabalham com um calendário estreito e janelas fixas de plantio e aguardam o fornecimento de fertilizantes e insumos necessários à produção.

De imediato, estão contratadas e precisam ser entregues a tempo mais de 9.000 toneladas de fertilizantes, básicas para realização do plantio, sendo que o atraso e/ou a não entrega dos produtos pela Superbac pode ocasionar além dos prejuízos aos produtores a perda de safras que garantem o abastecimento da população.

Do ponto de vista ambiental, a interrupção das atividades da empresa pelo período do Decreto  provocará a perda de mais de 7 mil toneladas da matéria-prima ‘cama de frango’ que estarão inviabilizadas para a produção de fertilizantes e teremos que buscar novos locais para o descarte adequado de todo esse volume perdido.

É importante ainda ressaltar que a empresa tem como um de seus pilares de atuação social mais importantes, a preservação do meio ambiente, e o bem estar, qualidade de vida e saúde de seus colaboradores.

A empresa tem como regra absoluta, desde o início de suas atividades, a manutenção de um ambiente saudável e seguro para todos os colaboradores que nela trabalham ou precisem frequentar suas dependências.

Desde o início da pandemia de Covid-19, que infelizmente tem tomado proporções cada vez maiores em todo o País, a SuperBac adotou e mantém procedimentos de controle e todos os protocolos exigidos pelo Ministério da Saúde. A empresa está trabalhando com 50% de sua força total. Os refeitórios são abertos, a alimentação individual, há triagem diária de sintomas e temperatura e foram instalados túneis de desinfecção das pessoas. Pela localização da fábrica, a maioria de seus funcionários não utiliza transporte coletivo para ir ao trabalho.

O álcool gel é disponibilizado em todos os locais. O uso de máscaras é cotidiano e, pelas próprias características do negócio da empresa, toda a força produtiva utiliza Respiradores Semifaciais, produzidos pela 3M do Brasil, que possuem os filtros 5N11. Tais filtros são os mesmos das máscaras PFF2 ou FFP2.

A SuperBac é parte vital da cadeia de insumos básicos e necessários para a manutenção da produção agrícola. A interrupção de nossas operações causará prejuízos significativos na oferta e abastecimento de alimentos à população que já sofre consequências dramáticas da pandemia no País”.

Encontrou alguma informação errada ou erro de digitação? Clique aqui e avise a redação do Portal Agora