Policial

Registrado homicídio em Mandaguari

Crime ocorreu no Jardim Progresso e trata-se do quinto assassinato do ano na cidade
(Foto: Reprodução/Facebook)

Na noite de sábado (9), mais um homicídio foi registrado em Mandaguari. O caso ocorreu no Jardim Progresso, e a vítima trata-se de Milton Robison Pedro dos Santos, 28 anos.

Informações dão conta de que o ocorrido se deu na casa da vítima, na Rua Alonso Peres Munhoz. Equipes do SAMU e Corpo de Bombeiros foram ao local e tentaram socorrer o morador, que não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. 

Como ocorreu

Inicialmente uma versão apontava que o fato se deu após confusão em um bar. No entanto, na manhã de domingo (10) a Polícia Militar divulgou boletim com uma informação oficial sobre o homicídio. 

A esposa de Santos, Karoleen Thaina do Vale, contou aos policiais que seu marido começou a discutir com o vizinho, Jeferson de Oliveira. O desentendimento ocorreu porque Jeferson emprestou ferramentas de Santos e demorou a devolvê-las. Após a discussão, Jeferson teria pego duas armas que guarda em casa e apontou para Santos, que o desafiou ao dizer "que ladrão é esse que aponta a arma e não atira?".

Em seguida, a vítima teria ido a um bar para beber, e voltou momentos depois, ofendendo novamente o vizinho. No momento em que Santos entrava em casa, Jeferson e outro homem foram até a divisa do muro que separa as residências, efetuando três disparos.

A esposa de Santos afirma que era o vizinho quem estava com a arma em mãos. Como citado no início deste texto, socorristas tentaram reanimar Milton, que não resistiu aos ferimentos feitos pelos disparos e veio a óbito. O autor do homicídio não foi encontrado pela polícia.

Quinto assassinato

O homicídio deste sábado foi o quinto de 2019 em Mandaguari. Trata-se do quarto assassinato registrado em intervalo de um mês.

*Mais informações em instantes