Policial

PRF intercepta em Marialva Corolla com registro de apropriação indébita em São Paulo

Um casal foi preso em flagrante

Na noite de quinta-feira, (6), por volta das 21h00,  no km 187 da BR 376, em Marialva, agentes da PRF abordaram um veículo Toyota Corolla com placas São José do Rio Preto, interior do Estado de São Paulo.

No veículo havia o condutor, um rapaz de 27 anos, e uma moça de 24 anos, ambos residentes em Umuarama.

Após consulta aos sistemas, os agentes da PRF constataram haver registro de apropriação indébita datado de 11 de novembro de 2019, proveniente da Delegacia  da Polícia Civil de São José do Rio Preto.

Após contatar aquela Delegacia, os agentes foram informados através de registros da ocorrência, que a proprietária havia deixado este veículo em uma revenda de veículos daquela cidade e o proprietário, segundo afirmou no boletim, o repassou para uma terceira pessoa para quitação de dívida, e não a restituiu dos valores obtidos com o veículo.

Questionado pelos agentes da PRF, o condutor abordado confessou que pegou este veículo em um pátio  de um supermercado localizado entre Londrina e Ibiporã,  na tarde desta quinta-feira, de uma pessoa  e que teria pago apenas R$ 14.500,00, pelo veículo, valor muito inferior ao de mercado.

Após a constatação, o casal foi preso em flagrente e encaminhados à Delegacia da Polícia Civil de Marialva, pelo crime de receptação.