Covid-19

Prefeitos da Amusep se posicionam a favor de medidas preventivas

Nota oficial divulgada pela associação foi assinada pelo prefeito de Mandaguari

Em nota oficial divulgada nesta quarta-feira (25), a Associação de Municípios do Setentrião Paranaense (Amusep) se posicionou a favor de medidas preventivas ao novo coronavírus (Covid-19).

A nota, assinada pelo prefeito de Mandaguari, Romualdo Batista, que é presidente da Amusep, em nome dos 30 prefeitos que compõem a associação, diz que, “de forma conjunta e coordenada, os gestores públicos têm adotado todas as medidas necessárias para proteger a vida de cerca de 900 mil pessoas que residem na região. O momento crítico exige serenidade, equilíbrio e pulso firme”.

Leia a seguir o comunicado na íntegra.

NOTA OFICIAL À POPULAÇÃO PARANAENSE

Maringá/PR, 25 de Março de 2020.

Desde a ocorrência dos primeiros casos suspeitos de contaminação pelo novo coronavírus - COVID-19 -, os prefeitos das 30 cidades da área de abrangência da Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense (Amusep), estão mobilizados e alertas. De forma conjunta e coordenada, os gestores públicos têm adotado todas as medidas necessárias para proteger a vida de cerca de 900 mil pessoas que residem na região. O momento crítico exige serenidade, equilíbrio e pulso firme.

Nas palavras do presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia, Clóvis Arns da Cunha, a pandemia é “grave”. No mundo, até o momento, já foram registrados mais de 420 mil casos confirmados da doença. Cerca de 19 mil pessoas perderam a vida, por causa do contágio do coronavírus; 46 delas, no Brasil.

Clóvis Arns reforça que o nosso País está em uma “curva crescente” de novos casos, com “transmissão comunitária” do vírus. “O número de infectados dobra a cada três dias”, ressalta.

Neste cenário de franca disseminação comunitária da COVID-19, alerta o presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia, a maior restrição social, com fechamento do comércio e da indústria não essencial, aliada à proibição de aglomerações humana, é a melhor prevenção. Por isso, é uma medida adotada na Europa e nos Estados Unidos da América.

“Ficar em casa”, para Clóvis Arns, é a resposta mais adequada para a maioria das cidades brasileiras. É com o respaldo das recomendações dos especialistas da região da Amusep, ratificada pela principal entidade de infectologia do Brasil, que solicitamos à população da nossa região, que permaneça em isolamento e saiam de suas residências, em casos, extremamente, necessários.

À classe empresarial, diretamente afetada, com as medidas drásticas, mas necessárias, renovamos nossa solidariedade e, também, trabalhamos para que sejam criadas condições para a manutenção da atividade comercial, industrial e de prestação de serviços. Todos somos afetados pelo “inimigo invisível”. O COVID-19 nos impõe uma dose extra de sacrifício.O momento atual, no entanto, requer mantermos a calma e seguir o curso das medidas adotadas. No caso da Amusep, de forma inédita e pioneira. Fomos a primeira associação de municípios do País a decretar Estado de Emergência, com fechamento do comércio e restrição de circulação da população nas ruas, nas 30 cidades da nossa região.

Pautamos nossas decisões na preservação da vida e na redução de perdas de entes queridos. Temos que manter nossa união, continuar a agir de forma coordenada, com lucidez e sabedoria para ultrapassarmos a tormenta.

Em nome dos 30 prefeitos das cidades da região da Amusep, atenciosamente,

Romualdo Batista

Presidente da AMUSEP

Prefeito Municipal de Mandaguari