Esporte

Phoenix volta a atropelar os Nuggets e abre 2 a 0 na série

Chris Paul lidera o show no Vale do Sol após parabenizar Nikola Jokic pelo prêmio de MVP

O Phoenix Suns dominou o jogo desde o início e não teve dificuldades para bater o Denver Nuggets por 123 a 98, em casa, e abrir 2 a 0 na série melhor-de-sete das semifinais da Conferência Oeste. Chris Paul deu mais um show, com 15 assistências e nenhuma perda de bola. O veterano armador ainda fez 17 pontos. Devin Booker contribuiu com 18 e foi o cestinha do time do Vale do Sol.

Os Suns foram melhores em quase tudo: aproveitamento de arremessos de quadra, de três e lances livres, pontos em transição e pontos no garrafão. A equipe venceu todos os quartos. Do outro lado, Nikola Jokic, anunciado como MVP da temporada regular nesta terça-feira, anotou 24 pontos e 13 rebotes, mas o Denver não mostrou a energia de playoffs necessária numa arena hostil.

Nenhum companheiro de Jokic anotou mais do que 11 pontos, em uma noite de eficiência abaixo da crítica. Os dois próximos duelos acontecem em Denver, na sexta-feira e no domingo. Para manter as esperanças de alcançar a final de conferência pelo segundo ano seguido, mesmo sem o lesionado Jamal Murray, ajustes serão necessários.

DESTAQUES

Suns

Devin Booker (18 pontos, 10 rebotes)

Chris Paul (17 pontos, 5 rebotes, 15 assistências, 0 turnover)

Mikal Bridges (16 pontos)

Deandre Ayton (15 pontos, 10 rebotes)

Nuggets

Nikola Jokic (24 pontos, 13 rebotes, 6 assistências)

Michael Porter Jr. (11 pontos, 6 rebotes)

Paul Millsap (11 pontos, 6 rebotes)

Will Barton (10 pontos)

Estatísticas decisivas

Arremessos de três

Suns 18/38 (47,4%)

Nuggets 14/43 (32,6%)

Lances livres

Suns 15/17 (88,2%)

Nuggets 12/20 (60%)

Pontos no garrafão

Suns 44

Nuggets 36

Pontos em transição

Suns 14

Nuggets 8

O jogo

O primeiro tempo foi dominado pelo Phoenix Suns, com maior eficiência em arremessos de três - foram 6 de 15, contra 4 de 22 do Denver - e mais ataques à cesta, o que gerou lances livres. Os Suns acertaram 10 de 11, enquanto que os Nuggets cobraram apenas 2 e converteram ambos. Nos pontos em transição, foram 9 a 2 para Phoenix.

Nikola Jokic anotou 15 pontos na primeira metade, e rivalizou com Devin Booker, com 13. Nenhum outro jogador fez mais do que 8 pontos até a parada para o intervalo.

No terceiro quarto, Phoenix teve seu melhor período ofensivo e abriu ainda mais no placar. Foram 34 pontos, com 5 bolas de três. Chris Paul já contava 13 assistências, com nenhum turnover. A defesa de Denver parecia batida, e o último período começou com 86 a 67 para o time da casa.

A última parcial contou com os titulares das duas equipes apenas até a metade.