Variedades

‘Não cancele, remarque!’, diz campanha de turismo lançada no Paraná

Temendo as perdas por conta da pandemia do coronavírus, o setor do turismo no Paraná e no mundo se movimentam para tentar reduzir o impacto negativo nas contas, que pode ser catastrófica sem a movimentação de turistas. No Estado, a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo lançou a campanha “Não cancele, remarque!”, com o objetivo de evitar a falência de empresas e o desemprego. A campanha foi adotada por operadoras, agência de viagens e outros segmentos do setor.

Essa crise vai passar e o sonho de uma viagem pode ser realizado no futuro. “O diálogo entre os envolvidos, buscando remarcar e não cancelar, é muito importante”, disse o secretário do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes, que também é presidente do Conselho Paranaense de Turismo (Cepatur).

Em franco crescimento, o setor movimentou no País cerca de R$ 930 bilhões em 2019 e gera em torno de 25 milhões de empregos no Brasil. Segundo a secretaria estadual, um em cada quatro brasileiro trabalha direta ou indiretamente neste mercado, por isso a importância de dar atenção à área.

Nunes sugere que as empresas esgotem todas as possibilidades de diálogo, oferecendo opção de datas futuras e atrativos que motivem a remarcação. “As companhias aéreas estão operando com número pequeno de voos e baixa procura de passageiros. As redes hoteleira e gastronômica estão vazias. Com a dilação do prazo para reembolso, a expectativa do setor é que os cancelamentos caiam nos próximos dias”.

Chile

O Chile também lançou uma campanha para estimular as viagens futuras para quando a pandemia der trégua. “A campanha “Sonhe com o Chile”, apoia o momento de pausa e isolamento social, mas nutri a ideia de que agora é momento de se inspirar para as viagens que acontecerão assim que tudo isso passar”, diz o texto da campanha.

A campanha digital do Chile tem como intenção incentivar as pessoas a aceitarem a situação atual, mas não deixá-la acabar com os seus sonhos. Esta ideia é reforçada por meio de um vídeo, que mostra que os destinos mundo a fora não vão deixar de existir, e que é importante ter calma neste momento para, no futuro, poder conhecer os paraísos da natureza. Com um belo conteúdo de imagens do Chile.