Região

Marialva terá racionamento de água

A Prefeitura de Marialva e o SAEMA informam que por conta do longo período de estiagem, em toda a região Norte do Paraná, o municíopio está enfrentando uma difícil situação com o abastecimento de água.

A mina que alimenta a adutora 1 (Estrada da Mina) secou completamente. A Mina que alimenta a adutora 2 (Antigo Matadouro) está com uma vazão de água de apenas 40% da sua capacidade. Os 34 poços semi artesianos que também são utilizados no abastecimento tiveram sua vazão reduzida em torno de 50%, sendo que 3 deles secaram totalmente. Diante deste quadro extremamente preocupante serão tomadas algumas medidas drásticas com o objetivo de continuar garantindo o abastecimento a toda população, afirma o município

Portanto, a partir do dia 26 de novembro (terça-feira) estará sendo fechado o registro do reservatório Central (Praça Madre Rafela Ybarra), no período das 13h às 18h, provocando um desabastecimento neste período em toda a área central do município. "Pedimos a compreensão de todos e mais uma vez solicitamos que utilizem a água apenas para as atividades essenciais em seu comércio ou residência", diz nota publicada pela assessoria de imprensa da Prefeitura de Marialva.