Mandaguari

"Mandaguari trabalha com a hipótese de montar uma espécie de hospital de campanha em um dos blocos da Fafiman"

Confira esta e outras informações na coluna "E Agora?", do Jornal Agora

Enfrentamento

O município trabalha com a hipótese de montar uma espécie de hospital de campanha em um dos blocos da Fafiman, faculdade local. A medida pode ser adotada caso o número de casos continue crescendo.

Parceria

Outra alternativa é utilizar a estrutura do Hospital Cristo Rei. Conversas seguem em andamento entre Secretaria Municipal de Saúde e a entidade para o encaminhamento de pacientes locais. Até o fechamento da edição, 10 moradores de Mandaguari aguardavam vagas em hospitais da região.

Justiça

Uma avalanche de mandados de segurança foi impetrada na justiça local pedindo autorização para funcionamento. Tudo isso após extensão do lockdown que determinou a paralisação do parque industrial.

Crédito

Para tentar minimizar os danos que o “lockdown” causou na economia paranaense, o governador Ratinho Junior anunciou, na sexta-feira (5), novas linhas de crédito para empreendedores.

Valores

Serão R$ 30 milhões em créditos para comerciantes, R$ 10 milhões para empreendedores informais e R$ 120 milhões para o setor de turismo e hotelaria. O governo também vai suspender o pagamento de empréstimos contraídos por empreendedores por dois meses.

Entrevista

Alexandre Romagnole esteve no estúdio da Agora FM na quarta-feira (3). Somente este ano foram contratados 200 pessoas, chegando a 2.700 colaboradores, o maior número da história da companhia.

Cocari

Vilmar Sebold deixa oficialmente a presidência da Cocari ao final da próxima semana. Na cooperativa desde 1999, onde chegou como superintendente, Sebold vai passar o bastão para o vice, Marcos Trintinalha.

Gritaria

A retirada de benefícios como insalubridade e periculosidade de servidores públicos municipais gerou inúmeros protestos nos últimos dias. Houve paralisação, braços cruzados, manifestações e várias reuniões. Até o momento, nenhuma solução.

Improbidade

Em nota oficial, o município alega que está reavaliando o adicional com base em laudos técnicos. O comunicado informa ainda que tomou a medida por precaução, para evitar uma possível ação por improbidade administrativa ao pagar o adicional a servidores que não podem recebe-lo.

Bronca

Além de reclamações sobre o adicional por insalubridade, Agentes Comunitários de Endemias (ACE) procuraram a reportagem para reclamar que não receberam reajuste salarial no começo de 2021. O município ainda não se posicionou sobre o assunto.

Frequência

A Agora FM alterou sua frequência desde a quinta-feira (4). Para ser sintonizada, a emissora passou a ser a primeira no dial dos rádios, em 87,9. A determinação partiu do Ministério das Comunicações.

Justificativa

A explicação é a migração das emissoras AM para a faixa FM. Uma rádio maringaense vai ocupar a faixa 91,5. Por isso, emissoras comunitárias da região tiveram que adotar a medida.

*Coluna publicada na 361ª edição do Jornal Agora