Policial

Homem usa foice para agredir esposa grávida e acaba se ferindo

Ocorrência foi registrada no Jardim Progresso. Confira detalhes de situações atendidas pela PM

A Polícia Militar de Mandaguari teve plantão movimentado no sábado (7) e no domingo (8). Confira a seguir o resumo das situações que foram atendidas pela corporação no final de semana.

Notebook furtado

Na Rua Caetano Munhoz da Rocha, Centro, às 21h de sábado, a PM registrou ocorrência de furto. Arrombadores entraram em uma casa e furtaram do local um notebook HP de cor preta. Os indivíduos reviraram o interior do imóvel, mas levaram apenas o computador. Nenhum suspeito de cometer o crime foi encontrado.

Esfaqueado pela esposa

Ainda no sábado, por volta de 23h20, um jovem de 24 anos foi esfaqueado pela esposa. O casal teve uma discussão acalorada, e em dado momento a mulher deu um golpe de faca nas costas do marido. O morador foi encaminhado ao Pronto Atendimento Municipal (PAM) para que recebesse os devidos cuidados e foi liberado ainda no sábado, pois o ferimento não era grave. A suposta autora do crime não foi encontrada para apresentar sua versão dos fatos.

Tentou agredir a esposa e se feriu

Já no domingo, às 15h45, um homem de 27 anos acabou gravemente ferido após tentar agredir a esposa no Jardim Progresso. A moradora, de 20 anos, conta que seu marido chegou embriagado e agressivo em casa e o casal começou a discutir. Ele teria ameaçado atear fogo na casa e pegou uma foice para agredir a mulher, que tentou segurar a mão do homem para evitar a agressão. Em dado momento, morador puxou a foice com força, soltando das mãos da esposa, e a arma branca atingiu sua cabeça. Por conta do ferimento, ele acabou sendo encaminhado à Santa Casa de Maringá para que recebesse os devidos cuidados. Já a mulher contou que está grávida de três meses e as brigas entre o casal são frequentes. Ela acompanhou os policiais até a delegacia, onde prestou depoimento.

Detido por lesão corporal

Ainda no domingo, às 22h50, policiais foram acionados na Avenida Amazonas, Centro, onde denúncia apontou que havia uma mulher inconsciente que acabara de ser vítima de lesão corporal. Em patrulhamento, os soldados localizaram o autor do crime, um homem de 43 anos que já tem passagens pela polícia. O indivíduo, que não teve o nome divulgado, foi detido e encaminhado à delegacia para que prestasse esclarecimentos pelo ocorrido.