Policial

Homem é preso após tentar arremessar coquetel molotov contra a casa da irmã

Ao ser detido, suspeito disse que o cunhado tinha drogas e arma de fogo no imóvel

Um homem de 41 anos foi preso pela Polícia Militar de Mandaguari após tentar arremessar um coquetel molotov contra a casa onde a irmã dele mora, na Rua Osvaldo Cruz, no Jardim Madrid. A prisão ocorreu na última terça-feira (27) e foi divulgada pela PM no relatório desta sexta (30).

O caso chegou ao conhecimento da PM por volta de 12h35 de terça, após uma mulher de 34 anos entrar em contato com a corporação e relatar que seu irmão tentou jogar um coquetel molotov contra a casa onde ela mora – o explosivo é composto por uma garrafa de vidro com gasolina e um pedaço de pano mergulhado no combustível, servindo como pavio. O homem só não arremessou o explosivo porque foi detido pelo sobrinho, e na casa há crianças.

Após falhar em sua tentativa, o suspeito fugiu de bicicleta sentido prefeitura, e foi alcançado e abordado pelo sargento Andrade e o soldado Archetti. O indivíduo recebeu voz de abordagem e não acatou, sendo necessário que os policiais dessem voz de prisão. Ele resistiu, e a equipe precisou usar técnicas de imobilização para algemar o suspeito.

Durante a ação, o indivíduo disse que queria arremessar o coquetel molotov contra a casa porque seu cunhado tinha no interior da residência drogas contrabandeadas e uma arma de fogo. A Polícia Civil está apurando a denúncia.

Diante dos fatos, o suspeito foi detido e levado à delegacia para prestar esclarecimentos. No momento da prisão ele portava a garrafa com o combustível e o pano, que usaria para arremessar contra a casa da irmã.