Mandaguari

Escuta, palavra e cura

Psicoterapeuta Rogério Thaddeu lança seu oitavo livro que aborda o diálogo como ferramenta para mudar vidas
Para Rogério Thaddeu, psicoterapeuta especialista em Saúde Mental, o livro toca em pontos essenciais que levam à reflexão e podem contribuir para mudar a sociedade moderna (Foto: Roberto Junior/Agora Comunicação)

A sociedade moderna chegou a altíssimos níveis de ansiedade e angústia, na avaliação do psicoterapeuta e especialista em Saúde Mental Rogério Thaddeu. Na próxima terça-feira (10), ele promove em Mandaguari o lançamento do livro Escuta, palavra e cura: escutando o sofrimento e transformando vidas, que trata justamente sobre os níveis de ansiedade e angústia.

Com a publicação da obra, Thaddeu chega ao oitavo livro impresso de sua carreira. “Até então são sete publicados em formato impresso e um e-book em formato digital na Amazon. Todos ligados à psicologia, comportamento e saúde mental de alguma forma”, destaca o psicoterapeuta em entrevista ao Jornal Agora.

“Escuta, palavras e cura é um livro pra tentar pensar um pouco no mundo de hoje, do século 21, onde existe uma carência profunda de saber escutar a nós mesmos e a relação com os outros”, complementa.

Para Rogério, vários fatores contribuíram para que a sociedade atual chegasse a um patamar alto de ansiedade. “E tudo isso passa pela necessidade fundamental da escuta e acolher com as palavras”, ressalta.

 “Sem dúvidas a gente está num momento que, com o advento das novas tecnologias, tem se exigido das pessoas um grau muito grande de flexibilidade. Novas habilidades têm sido requisitadas para crianças, adolescentes e adultos”, afirma.

O psicoterapeuta dá exemplo de como o dinamismo do mundo atual tem impactado. Para ele, algumas décadas atrás, quando se perguntava a uma criança o que ela gostaria de ser quando crescesse, havia todo um tempo para que a pessoa construísse sua identidade com base em referências mais sólidas. “Hoje nós temos nenhuma referência ou referências muito frágeis. Nós temos uma liberdade aparentemente maior, mas você se angustia muito mais”.

“O próprio modelo de educação foi completamente modificado. O virtual exerce uma influência muito grande, então as pessoas têm cada vez mais uma carência de olhar, de escuta”, acrescenta.

Lançamento

O livro será lançado às 19h da próxima terça. O evento, promovido em parceria com o Elos Clube de Mandaguari, ocorrerá no anfiteatro do Módulo Cultural. Na ocasião, será possível adquirir o impresso autografado pelo autor.

Sinopse

Escuta, palavra e cura: escutando o sofrimento e transformando vidas, prefaciado pelo psicanalista Ivan Capelatto, trata sobre a necessidade da escuta , uma arte complexa que exige sobretudo, a escuta de nós mesmos. Diante de tantas intolerâncias e ações perversas, destrutivas, faz-se necessário e urgente mediarmos os ódios, a angústia e todas as modalidades de afetos por meio da escuta e das palavras. Diante de um mundo ensurdecido, de tantas conexões e possibilidades superficiais, a angústia estoura no corpo, no silêncio dos teclados e nas ações auto e heterodestrutivas.

*Reportagem publicada na 331ª edição do Jornal Agora