Policial

Confirmada morte de segundo baleado em confronto com a PM

Adolescente veio a óbito no Hospital Universitário

Foi confirmada nesta manhã a morte do segundo indivíduo que foi baleado durante confronto com a Polícia Militar na tarde de segunda-feira (2) em Mandaguari. Trata-se de um adolescente de 17 anos que ainda não teve a identidade confirmada.

O adolescente foi encaminhado ao Hospital Universitário (HU) após ser baleado por volta de 15h30. Além dele, Paulo César de Oliveira Santos, 30, e outro indivíduo que também não teve o nome divulgado trocaram tiros com a polícia.

Na noite de domingo (1º), eles sequestraram a família do gerente de uma agência bancária de Cambira e tentaram assaltar o banco, mas não conseguiram levar dinheiro do local. Já no começo da tarde de segunda-feira, liberaram os reféns em Maringá e fugiram.

A polícia descobriu que o bando estava se escondendo e coordenava suas operações de uma casa na Rua Arthur Bellini, no Jardim Cristina em Mandaguari. Após isso, houve a tentativa de abordagem, onde três pessoas foram detidas.

O adolescente, Santos e outro suspeito fugiram, resultando no confronto com a PM na região do Jardim Morumbi. O terceiro indivíduo teria conseguido fugir do local.