Esporte

Com emoção! Fred faz dois gols, Fluminense suporta pressão com um a menos e vence o Santa Fe

Time tricolor abre 2 a 0, mas vê adversário diminuir e Egídio ser expulso. Colombianos pressionam no fim e Marcos Felipe garante a vitória. É a primeira vitória do time carioca na volta à Libertadores

Vitória heroica

O Fluminense venceu sua primeira partida nesta volta à Libertadores. E foi com emoção, com a cara da competição. Com dois gols de Fred, o Tricolor bateu o Santa Fe por 2 a 1 o Estádio Centenário de Armenia, na Colômbia. Giraldo descontou para o time colombiano. Egídio foi expulso a 20 minutos do fim, e o Flu segurou a pressão com um a menos, com direito a milagre de Marcos Felipe nos acréscimos. O jogo foi válido pela segunda rodada do Grupo D da principal competição continental.

Líder do grupo junto com River

Com a vitória, o Fluminense assume a liderança do Grupo D da Libertadores, com quatro pontos conquistados, empatado com o River Plate, que venceu o Junior Barranquilla também por 2 a 1, em Buenos Aires, no mesmo horário. As equipes colombianas completam a classificação com apenas um ponto cada uma até aqui. Clique aqui e veja a tabela completa da Libertadores

Gols da vitória e história escrita

"Uh Fred vai te... pegou"! Ao balançar as redes duas vezes nesta noite, Fred chegou a 185 gols com a camisa do Fluminense, ultrapassou Orlando Pingo de Ouro e se isolou como o segundo maior artilheiro da história do clube, atrás apenas de Waldo, com 319. Na entrevista na saída do campo, o ídolo tricolor se emocionou e precisou conter as lágrimas ao falar da marca.

Do cruzamento perfeito à expulsão boba

Egídio iniciou a segunda etapa com um cruzamento espetacular para o segundo gol de Fred. Porém, a 20 minutos do fim, ele levou o vermelho após cometer falta boba no campo de defesa quando já tinha cartão amarelo. A expulsão quase comprometeu a vitória tricolor. Mas o time conseguiu segurar a pressão e levou os três pontos para casa.

Paredão tricolor!

Marcos Felipe voltou a fazer boa partida pelo Fluminense na Colômbia. O camisa 1 fez boas defesas na partida e foi muito exigido em diversos cruzamentos do adversário, principalmente no segundo tempo. Aos 28 minutos da segunda etapa ele fez duas defesas seguidas em cabeceios dos atacantes colombianos. Porém, aos 48 minutos o lance mais importante do goleiro na partida. Jorge Ramos cabeceou à queima-roupa e Marcos Felipe fez uma defesa sensacional, garantindo a vitória tricolor.

Primeiro tempo

O Fluminense abriu o placar aos quatro minutos de jogo, com Fred, aproveitando belo passe de Nenê e finalizando com categoria. O time carioca começou bem na partida, mas a cada minuto que passava, recuava mais e dava mais campo ao adversário, que trocava passes lentamente, mas tinha dificuldades de assustar o goleiro tricolor. O Flu quase aumentou ainda na primeira etapa, com Kayky, que finalizou na trave aos 29 minutos.

Segundo tempo

Se o Flu marcou cedo no primeiro tempo, conseguiu superar na segunda etapa. Com menos de um minuto de bola rolando, Egídio cruzou na medida para Fred cabecear e ampliar o marcador. Neste momento a partida tinha tudo para ficar tranquila para o Fluminense, mas aos cinco minutos Giraldo recebeu bom lançamento e diminuiu a diferença. A partir daí começou a se desenhar a pressão do Santa Fe, com uma sequência de cruzamentos na área tricolor. Aos 24 minutos, Egídio levou o segundo cartão amarelo e aumentou o espaço dos colombianos no campo de ataque. Marcos Felipe se destacou no fim da partida cortando vários cruzamentos e fazendo uma defesa espetacular aos 48 minutos, em finalização de cabeça de Jorge Ramos.