Esporte

Blazers quebram a invencibilidade dos Rockets na "bolha" e seguem na briga por vaga nos playoffs

Contando com as boas atuações de CJ McCollum, Damian Lillard, Jusuf Nurkic e Carmelo Anthony, Portland triunfa por 110 a 102 e segue na cola do Memphis, oitavo colocado do Oeste

O Portland Trail Blazers embolou ainda mais a briga pelas últimas vagas aos playoffs da Conferência Oeste. Nesta terça, a equipe do Oregon superou o poderoso Houston Rockets na "bolha" da NBA, em Orlando, com uma contundente vitória por 110 a 102, encostando de vez no oitavo colocado, o Memphis Grizzlies, que tem um triunfo a mais. Os Blazers voltam a jogar na quinta-feira, às 21h. O adversário é o Denver Nuggets. Na mesma data, só que às 22h, os Rockets encaram os Lakers.

Apesar da derrota dos Rockets - a primeira em três jogos na Disney World Resort -, James Harden foi o cestinha da partida, com 23 pontos. Pelo lado dos Blazers, prevaleceram as ótimas atuações de Damian Lillard (21 pontos), CJ McCollum (20 pontos), Jusuf Nurkic (18 pontos e 19 rebotes) e Carmelo Anthony (15 pontos e 11 rebotes).

Início equilibrado

O jogo começou equilibrado, mas com leve predominância dos Blazers, que abriram 16 a 11 nos cinco primeiros minutos. Aos seis, Harden infiltrou e marcou os dois pontos, colocando os Rockets na frente pela primeira vez: 17 a 16. O Portland acordou após levar a virada. Com Carmelo Anthony e CJ McCollum com a mão calibrada, os Blazers venceram o primeiro quarto por 29 a 24.

Empolgados, Anthony e McCollum fizeram o Portland pular para 36 a 27 no início do terceiro quarto. Quando o rival abriu 46 a 33, o técnico do Houston, Mike D'Antoni, pediu tempo. Mesmo após a parada, os Blazers seguiram liderando o placar. A dois minutos do intervalo, a diferença era de oito pontos: 54 a 46. Administrando bem o resultado, o Portland virou o primeiro tempo vencendo por 61 a 56.

Westbrook foi quem fez os primeiros pontos do terceiro quarto, convertendo dois lances livres. Pouco depois, Harden diminuiu para 61 a 59. Aos poucos, porém, os Blazers voltaram a dominar, e, aos cinco, McCollum ampliou para 71 a 65. Um minuto depois, Lillard acertou duas bolas de três seguidas, marcando 82 a 74. Contendo bem o ímpeto dos Rockets, o Portland encerrou o período vencendo por 86 a 80.

Com o jogo em aberto, os dois times buscaram o ataque no início do último quarto. Com dois minutos jogados, Jeff Green acertou uma bola de três, empatando em 88 a 88. Só que, na sequência, Lillard acertou mais um chute para três, recolocando Portland na frente. Com Jeff Green inspirado, o Houston seguiu apertando. Só que Carmelo Anthony e CJ McCollum trataram de definir a vitória dos Blazers por 110 a 102.