Mandaguari

Fiscalização aplica multas em estabelecimentos e pessoas sem máscaras, fecha bares e acaba com festas e aglomerações

Ao menos 90 locais foram vistoriados no último final de semana em Mandaguari
(Foto: Reprodução/PMM)

O final de semana foi de bastante trabalho para a equipe da fiscalização de Mandaguari fazer cumprir o decreto 277/2020 e o toque de recolher na cidade. Entre sábado (27) e domingo (28), foram vistoriados 90 locais como bares, lanchonetes, comércio, pesqueiros, feiras livres, açougues, supermercados, festas e aglomerações em residências. Doze estabelecimentos foram fechados por estarem abertos em dias ou horários não permitidos, dois locais foram multados por realização de festa e aglomeração de pessoas e três pessoas multadas por não usarem máscaras de proteção em via pública.

Na noite de segunda-feira (29) as equipes do Procon e da Vigilância Sanitária fiscalizaram o cumprimento do toque de recolher e orientaram o dono de um bar que estava com a porta fechada, no bairro Cinco Conjuntos, a mandar os clientes embora e fechar a porta. Em uma residência, também nos Cinco Conjuntos, pessoas que estavam fazendo churrasco e bebendo aglomeradas. Após a orientação da equipe, os participantes foram para casa. Na área central, nos fundos de uma lanchonete, havia várias pessoas reunidas e consumindo produtos no local. O estabelecimento foi fechado e as pessoas deixaram o local imediatamente.

Também foram vistoriados espaços públicos como praças, quadras, Centro Esportivo, Pista de Skate e também locais que estão sendo utilizados para a prática de soltar pipas, sendo orientado que os praticantes desta atividade recreativa não façam aglomeração nos locais e utilizem máscaras de proteção.

MÁSCARAS NA RUA - Para aumentar a prevenção e evitar o contágio do novo coronavírus, a fiscalização quanto ao uso de máscara de proteção em vias públicas e locais públicos e privados será intensificada. O toque de recolher também irá ser mais rígido permitindo apenas o trânsito de pessoas nas ruas que tenham motivo  justificado e fundamentado. Os dois casos são passíveis de multas no seu descumprimento. 

Participaram da fiscalização no toque de recolher e nos plantões diurnos e noturnos e nos fins de semana, equipes da Secretaria de Planejamento (Departamento de Tributação e Fiscalização) Vigilância Sanitária, Procon com apoio da Polícia Militar, Bombeiros e Defesa Civil.Denúncias devem ser feitas no telefone 44 3233-8441(WhatsApp) e 44 984553828 (WhatsApp).