Policial

Arrombadores invadem residência e soltam cachorros no Centro

Ação resultou na morte de dois animais. Polícia Civil investiga o crime

A Polícia Militar registrou cinco ocorrências entre a última segunda-feira (9) e esta terça (10). Uma delas já foi destacada pelo Portal Agora, e trata-se do arrombamento no escritório do Conselho Tutelar. As outras quatro situações foram resumidas e podem ser lidas a seguir.

Molinetes furtados

Às 9h30, na Rua Luiz Trintinalha, Jardim Esplanada, um homem de 35 anos acionou a PM. Ele contou que sua casa foi arrombada em agosto, e do local furtaram uma caixa de pesca contendo molinetes, anzóis, iscas e outros. Já na manhã de segunda, um amigo contou à vítima que uma pessoa estava vendendo uma caixa de molinete, similar à furtada da residência. O suspeito não foi encontrado.

Detido por furto

Às 14h30 policiais estavam em patrulhamento pela Rua Damilto Rubio, no Jardim Novo Horizonte, quando ouviram o barulho de alguém pulando um muro. Em seguida eles localizaram um jovem de 19 anos que tentou fugir e até entrou em luta corporal com um soldado, mas foi contido. O rapaz, que não teve nome divulgado, estava com uma mochila repleta de itens que havia acabado de furtar. Ele foi detido e levado à 55ª Delegacia de Polícia Civil de Mandaguari para prestar esclarecimentos pelo ocorrido.

Invasão de residência e atropelamento

Por volta de 19h10, a moradora de uma residência que fica na Rua Zacarias de Vasconcelos, Centro, acionou a polícia. Ela contou que ao voltar para casa foi informada por vizinhos de que alguém havia entrado no quintal e soltado seus cachorros. Quando saiu, pela manhã, a vítima havia deixado o portão trancado com um cadeado, e no retorno percebeu que o objeto foi retirado do portão e levado. A situação resultou na morte de dois dos sete cachorros da moradora. Os animais foram atropelados por um Santana Quantum de cor azul, de acordo com testemunhas. Ainda não se sabe se a pessoa que invadiu o quintal foi a mesma que atropelou os cães, e a Polícia Civil investigará o caso.

Briga de vizinhos

Um desentendimento entre vizinhos na Rua Mário Correa Neves, Jardim Boa Vista, virou caso de polícia na madrugada desta terça (10). Quem acionou a PM foi um jovem de 23 anos, que relatou que estava dormindo quando ouviu barulho de bombas sendo estouradas, e ao sair percebeu que o autor era seu vizinho. Ambos os envolvidos trocaram ofensas, e o acusado teria dito que na verdade tinha vontade era de dar tiros no cão do morador, que estava latindo. A Polícia Militar orientou os envolvidos.