Policial

Ameaças, furto e receptação estão entre ocorrências registradas no final de semana

Confira detalhes das situações atendidas pela PM de Mandaguari

A Polícia Militar de Mandaguari teve final de semana movimentado. Foram diversas ocorrências registradas entre o último sábado (29/6) e esta segunda-feira (1º). Confira a seguir o resumo das situações.

Detido por receptação

Na Rua Isaías Dias dos Santos, Conjunto Governador Paulo Pimentel, o dono de um bar foi detido por receptação. Tudo começou por volta de 11h sábado, quando uma mulher de 51 anos entrou em contato com o pelotão relatando que um indivíduo pulou na área de sua casa e furtou duas mesas e oito cadeiras de plástico. O cidadão vendeu uma mesa e quatro cadeiras ao proprietário de um bar e depois tomou rumo ignorado. Diante da informação, os policiais foram ao estabelecimento e o comerciante confirmou que adquiriu os itens com o suspeito e pagou a quantia de R$ 50. O proprietário do bar recebeu voz de prisão e foi levado à 55ª Delegacia de Polícia Civil de Mandaguari para prestar esclarecimentos. O autor do furto não foi localizado.

Embriagado, homem ameaça moradoras

Na Rua Manoel Antunes Pereira, Centro, foi registrada uma ocorrência de ameaça. A vítima conta que sua avó, de 92 anos, e o afilhado da idosa foram até a casa onde ela mora. Embriagado e muito agressivo, o homem discutiu com a moradora e ainda colocou uma faca em seu pescoço. Antes de fugir, o suspeito ainda teria ameaçado a idosa. Ele não foi encontrado para apresentar sua versão dos fatos.

Ameaçada pelo ex

Ainda no sábado, às 22h25, uma moradora da Rua Jerônimo Martinez Sanches, Jardim Oásis, foi vítima de ameaça. A mulher relatou que seu ex-namorado foi até a casa onde ela mora e proferiu diversas ofensas e ameaças. O rapaz fugiu e não foi encontrado pela Polícia Militar para prestar esclarecimentos pelo ocorrido.

Moto apreendida

A equipe motos da PM, em patrulhamento pelo Jardim Progresso na noite de sábado, avistou uma moto em atitude suspeita – ao perceber a presença dos policiais, o condutor tentou empreender fuga, mas não conseguiu. Na abordagem foi constatado que o motociclista já tinha passagens por porte de arma de fogo, e a moto que ele conduzia estava sem placa de identificação. Foram identificadas outras infrações, como motor adulterado, e o fato de o motociclista não possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Diante dos fatos, a moto foi recolhida ao pátio do pelotão da PM.

Câmera furtada

Na madrugada desta segunda-feira uma câmera de vigilância foi furtada na Rua Renê Táccola, Centro. A ocorrência foi registrada por volta de 0h50, quando a vítima, que tem 43 anos, acionou a Polícia Militar. O morador contou que furtaram a câmera da construção de seu estabelecimento. Nenhum suspeito de cometer o crime foi encontrado, e o caso será investigado pela Polícia Civil.