Paraná

41,6% das cidades do Paraná não registram mortes por Covid-19 há 2 semanas, apontam dados

Levantamento feito pelo G1 com base nos dados da Sesa indicam que 116 dos 399 municípios não registram óbitos pela doença desde 7 de julho. Setenta cidades não tiveram mortes nos últimos 30 dias.

41,6% das cidades do Paraná não registram mortes por Covid-19 há duas semanas, segundo um levantamento feito pelo G1 com base nos dados da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).

No total, 116 dos 399 municípios não têm óbitos provocados pela doença desde 7 de julho.

O levantamento leva em consideração o último boletim divulgado pela Sesa, na quarta-feira (21). Segundo a secretaria, o estado registra o total de 33.804 mortes e 1,3 milhão de casos.

Especialistas na área da saúde dizem que a redução no número de mortes está relacionada ao avanço da vacinação, no país.

O Paraná registra queda de 24% na média móvel de mortes, de acordo com o levantamento do consórcio de veículos de imprensa, com dados da Sesa, publicado às 20h de quarta-feira (21). 

Das 116 cidades que não registraram mortes nas últimas duas semanas, 70 estão sem óbitos por Covid-19 há um mês.

Boa Esperança do Iguaçu, no sudoeste do estado, é a única entre as 399 cidades que ainda não tem mortes provocadas pela doença, segundo a Sesa.

VACINAÇÃO 

Até esta quinta-feira (22), 5.586.996 paranaenses foram vacinados contra a Covid-19, no Paraná, o que representa 48,5% de toda a população. No total, 1.921.175 concluíram o esquema vacinal.

Para o secretário de Saúde, Beto Preto, a redução no número de mortes é reflexo da vacinação.

"Nós começamos, há quatro semanas, perceber essa movimentação para baixo. O número de casos ainda não caiu, mas já estamos encontrando casos bem mais brandos e leves. Para se vencer esse complexo problema da pandemia é necessário que exista uma imunização maior."

Além da redução no número de mortes, o governo também credita ao avanço da vacinação a queda na ocupação de leitos hospitalares.

Pela primeira vez desde novembro de 2020, a taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para tratamento de adultos com Covid-19 no Sistema Único de Saúde (SUS) ficou abaixo dos 70%.

Segundo a Sesa, a taxa estava em 68%, na quarta-feira. Entre o primeiro e o segundo trimestre de 2021, o Paraná registrou taxas acima dos 90% de ocupação por semanas.

As informações são do site G1 e G1 Paraná.