De onde surgiu o emoji “ūüęį”?

Conhe√ßa mais sobre o mundo asi√°tico e suas culturas, fique por dentro dos lan√ßamentos e tamb√©m receba recomenda√ß√Ķes das melhores s√©ries com a DoramaLand!

Escrito por Duda Perassoli e Yasmim Rais 

Curiosidade da Semana

A origem do s√≠mbolo de cora√ß√£o coreano, o ūüęį, conhecido tamb√©m como “Finger Heart”, √© incerta.

Sabemos como o símbolo tem se espalhado ao redor do mundo, graças a popularidade dos grupos K-popers que tem influenciado diversos adolescentes, jovens e adultos na atualidade.

O interesse e curiosidade pela cultura coreana também tem crescido cada vez mais, graças ao expandimento dos K-Dramas.

O Rapper e produtor musical G-Dragon já brincou dizendo ser o criador do símbolo ao postar uma foto de quando criança fazendo o gesto no ano de 1990.

Também há um registro da atriz sul-coreana Kim Hye-soo demonstrando o tal coração coreano, no ano de 2010 em um set de filmagens.

Existe também a hipótese do gesto ser o mais próximo de um coração verdadeiro, pois une ao fato das mãos possuírem o tamanho exato do próprio coração, e a junção dos dois dedos representarem as duas válvulas do órgão vital.

Este s√≠mbolo de atravessar as pontas do polegar com a do indicador formando uma esp√©cie de V min√ļsculo, nos lembra o sinal que fazemos ao demonstrar dinheiro, e pode ser o preferido na regi√£o coreana por ser o mais discreto.¬†

Recomenda√ß√Ķes

Beef / Treta 

Esta s√©rie j√° tem um marco de in√≠cio com dois protagonistas important√≠ssimos na ind√ļstria dos famosos, sendo eles Steven Yeun (The Walking Dead) interpretando Danny Cho um empreiteiro na fal√™ncia e Ali Wong (Meu Eterno Talvez) atuando como Amy Lau, uma empres√°ria frustrada.

Ambos vivem uma realidade totalmente diferente, a vida luxuosa que Amy Lau possui, não se comparada com o cotidiano de Danny Cho, entretanto o que os iguala, é a frustração.

Diante dos diversos problemas que ambos enfrentam, um desentendimento no tr√Ęnsito faz com que seus caminhos se entrela√ßam sendo como a gota d’√°gua na explos√£o de suas f√ļrias. A partir deste momento, cada vez mais v√£o dando a luz a uma vingan√ßa que gera momentos intensos e ca√≥ticos em seus cotidianos.

Uma s√©rie cheia de drama e com√©dia perfeita para as dorameiras que gostariam de fugir brevemente dos romances e ingressar no estilo com mais a√ß√£o. √Č uma produ√ß√£o americana, criada pelo escritor e produtor sul-coreano Lee Sung Jin; o elenco tamb√©m conta com a atriz Ashley Park que contracenou em “Emily in Paris” como Mindy.

Onde assistir: Netflix.

It‚Äôs Okay to Not Be Okay / Tudo bem n√£o ser normal 

Tudo Bem N√£o Ser Normal conta a hist√≥ria de uma escritora Ko Moon-Young (Seo Yea-Ji) que sofre de transtorno p√≥s traum√°tico e extremamente rude que cruza o caminho  de um cuidador de uma ala psiqui√°trica que n√£o tem tempo para amar. Quando um entra na vida um do outro, os dois vagarosamente come√ßam a curar as feridas emocionais um do outro.

Onde assistir: Netflix.

Meteor Garden / Jardim de Meteoros

Quem não gosta de um velho e bom clichê, não é mesmo? E é isso que Meteor Garden (Jardim de Meteoros) traz.

Shan Cai √© a mais nova aluna dentro da universidade e vem de uma fam√≠lia humilde. L√° ela faz amizades, mas tamb√©m conhece um grupo chamado F4,  s√£o os garotos mais ricos e belos da universidade. Tudo ia bem at√© conhecer D√£o Ming Si, um garoto extremamente arrogante e mimado. Mesmo com muitos atritos entre eles, ambos come√ßam a ver o lado positivo um do outro e dando in√≠cio a um belo romance.

Onde assistir: Netflix.

DoramaLand retorna na próxima quarta-feira dia 31 de maio. Até lá!