TESTE HORIZONTAL

Médico denuncia negligência na gestão do PAM

“A coisa está muito errada. Senti na pele o que a população passa todo dia”, cobra Dr. Marcos
por Redação do PortalAgora.com em 20/10/2018

O médico mandaguariense Dr. Marcos César Valério de Almeida teceu duras críticas neste sábado (20) à gestão do PAM (Pronto Atendimento Municipal) de Mandaguari. Secretário de Saúde do município entre 2005 e 2008, Almeida é cardiologista e chefe da equipe de médicos residentes no Hospital da Beneficência Portuguesa, em São Paulo.

“Isso não vai ficar desse jeito. É um absurdo, como cidadão, ver isso. Eles não sabem tocar aquilo”, denunciou. Sua mãe, a pioneira Maria Valério de Almeida, acometida de uma doença grave, sofreu uma crise respiratória. Às pressas, familiares buscaram atendimento no local.

Duas filhas saíram de sua residência, no centro de Mandaguari, em direção ao Hospital Santa Rita, em Maringá. Na saída da cidade, decidiram pedir auxílio do PAM para a transferência, em virtude da necessidade de oxigênio, por causa da crise respiratória.

“Negaram ambulância para a minha mãe. O dever dessa unidade é atender e resolver o problema, e não criar dificuldades. Eles deixaram sentada numa cadeira de rodas uma senhora de 81 anos entrando em insuficiência respiratória. O que é emergência então?”, indagou.

Foi na gestão do médico que o Pronto Atendimento local obteve recursos para reforma e ampliação de sua estrutura. O médico foi responsável também por aquisição de diversas ambulância e de um moderno aparelho de raio x, utilizado atualmente pelo município.

“Até quando vai continuar morrendo gente nesse PAM? Onde nós vamos chegar”, cobrou. “Hoje aconteceu isso com quem tem discernimento e enxerga a falha do processo, que não tem gestão. Agora, e a população, vai ‘pro pau, deixa rodar, a população que se dane’”?

Após apelos e uma forte discussão entre o médico e uma enfermeira plantonista, uma ambulância, estacionada durante todo o tempo em frente ao local, foi autorizada a fazer o transporte.

Revoltado, o médico finalizou: “como usuário e como médico, as falhas são gritantes. Chegou o momento e têm que tomar posição quem está acima dessa gente. Alguma coisa está muito errada. O que essa gente está fazendo com os humildes que precisam da saúde? Senti na pele o que a população passa todo dia “, desabafou.

TESTE VERTICAL
www.portalagora.com Fone: (44) 3133-4000 Rua Renê Táccola, 190 - Centro - Mandaguari - PR