TESTE HORIZONTAL

Fafiman realiza eleição para diretor e vice nesta sexta-feira (17)

Dois professores disputam o cargo principal e, para vice, houve apenas uma candidatura; têm direito ao voto, acadêmicos, corpo docente e corpo técnico-administrativo. Decisão final fica por conta do prefeito, em análise de lista tríplice
por Redação do Jornal Agora em 13/11/2017

2017 é ano de eleição na Fafiman (Fundação Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Mandaguari), em que ficarão definidos o novo diretor e vice-diretor da instituição – gestão 2018/2021. Cargos hoje ocupados pelos professores José Natal de Oliveira, do Departamento de História, e Wedson José Pierobon, do Departamento de Direito, respectivamente.

A eleição irá ocorrer nesta sexta-feira (17). Têm direito ao voto – que não é obrigatório e possui pesos diferenciados – professores, funcionários e alunos da faculdade. Sendo que o voto do corpo docente tem peso 7, do corpo técnico-administrativo, 2, e dos alunos, 1.

Na Fafiman, as disputas são avulsas para diretor e vice. Este ano, são candidatos ao cargo de diretor, o professor Antonio Carlos Xavier, do Departamento de Letras, e Marisa Aparecida Solordone Aguera Feijó, do Departamento de Educação Física. Já para o cargo de vice, colocou o nome à disposição, o professor Emerson Carlos Pinhati, do Departamento de Administração.

 

Natal e Pierobon

Apesar da possibilidade de reeleição, José Natal e Pierobon decidiram ficar fora do pleito. “Foram quatro anos à frente da Fafiman, uma experiência diferente, uma vez que a minha área específica é o magistério, a sala de aula, mas extremamente válida, principalmente na parte administrativa e das relações humanas, aprendi muito”, ressalta Natal.

Sobre a avaliação do mandato que se encerra em dezembro, ele comenta que pegou um momento difícil, de crise política e econômica no país. “A Fafiman é uma instituição de direito público, mas que depende financeiramente do que arrecada dos alunos. Nesse sentido, houve, então, um desafio. O que já era difícil ficou ainda mais, porque a crise atingiu a todos.”

Com relação às conquistas, Natal cita as obras de acessibilidade na instituição, a inauguração do escritório de assistência jurídica, a cobertura com tela da quadra poliesportiva, a aquisição de computadores novos para o laboratório de informática e de 12 aparelhos de data show para ficarem fixos nas salas de aula e em outros espaços onde a demanda é alta, como no anfiteatro.

“No anfiteatro, juntamente com o Diretório Acadêmico, colocamos climatizadores de ar. Exigência do Corpo de Bombeiros, nós também vamos deixar pronto o Plano de Segurança Contra Incêndio e Pânico, que a faculdade não tinha. A verdade é que conseguimos fazer muita coisa com pouco dinheiro”, avalia o diretor.

Natal complementa dizendo que foram organizados concursos para regularizar e fazer novas contratações e que no mandato dele e do vice, Pierobon, a Fafiman habilitou-se junto ao Conselho Nacional de Administração para poder promover concursos públicos externos. “É uma conquista muito importante, pois será uma nova fonte de recurso para a instituição.”

 

Comissão eleitoral

O presidente da comissão eleitoral, professor Heitor Esperança Henrique, explica que qualquer docente efetivo poderia candidatar-se a diretor ou a vice da Fafiman, independentemente do tempo de atuação na casa. Ainda de acordo com ele, a comissão determinou para o dia 1º deste mês o prazo final para a inscrição dos candidatos; o dia 6 para homologação das candidaturas; de 8 a 16, o período para a campanha eleitoral; e 17 a data para que seja realizada a eleição, que vai ocorrer das 17h às 21h, no campus da instituição.

Lembrando que na quinta-feira (16), véspera do pleito, haverá o debate entre os candidatos no anfiteatro da faculdade. “Serão dez minutos de explanações para os candidatos a diretor e cinco para o candidato a vice, depois vamos abrir para as perguntas.”

 

Lista tríplice

A eleição de 2017 obedece ao primeiro Estatuto da Fafiman, de 1966, baseado na lista tríplice, em que apesar de ser realizado o processo eleitoral, envolvendo toda a comunidade acadêmica, não são os candidatos mais votados que assumem diretamente os cargos disputados.

Uma lista com três opções de nomes para assumir direção e vice, incluindo os que tiveram as candidaturas homologadas, deve ser apresentada ao prefeito, para que ele faça as nomeações sob os critérios por ele estabelecidos. “Como este ano houve dois candidatos para diretor, mais um nome deve ser definido em Reunião da Congregação dos Professores, e outros dois nomes para vice. Depois a lista é encaminhada para o prefeito Romualdo Batista [PDT]”, ressalta Heitor.

O procedimento é polêmico e sempre que há eleição na Fafiman gera, nos bastidores e entre a própria população, especulações e discussões. Este ano, segundo Natal, houve a tentativa de alterar o estatuto para que os mais votados fossem diretamente os eleitos. “Em reunião da congregação houve a predileção pela mudança, o que não se efetivou, porque qualquer alteração no estatuto depende do aval da administração pública municipal.”

Batistão afirma que escolhe o futuro diretor e vice da Fafiman seguindo as normas do regimento interno da instituição, que prevê a apresentação dos três nomes. “Com a lista em mãos, busco analisar as propostas dos candidatos, avalio o histórico de cada e tomo a decisão de acordo com o que acredito ser melhor para o desenvolvimento da faculdade e do município. Não é uma decisão política.”

 

Perfil dos candidatos:

À direção - Antonio Xavier e Marisa Feijó
http://www.portalagora.com/noticias/mostrar/id/55727/titulo/fafiman-realiza-eleicao-para-diretor-e-vice-nesta-sexta-feira-17

*Reportagem publicada na 233ª edição do Jornal Agora.

Últimas Notícias

TESTE VERTICAL
www.portalagora.com Fone: (44) 3133-4000 Rua Renê Táccola, 190 - Centro - Mandaguari - PR