BW NETFARMÁCIA VILAFARMA (WIDESCREEN)Vestibular de Verão Fafiman

Dupla famosa na década de 90 caiu no esquecimento

"Do nada passaram a não nos chamar para nada"
por Marcos Corazza com informações de R7/Hipersessão/Maringá Manchete em 30/07/2013

A Dupla Jean e Marcos despontou para o sucesso após fazer uma apresentação especial de agradecimento ao apresentador Gugu Liberato, que visitou o orfanato Lar Irmão José, na cidade de Itapevi no estado de São Paulo.

Pego de surpresa com a afinação dos meninos, Gugu convidou a dupla para gravar um CD e passar a fazer parte do quadro de artistas da empresa Promoart. Da vida sofrida do orfanato à viagens e o sucesso foi tudo muito rápido para os irmãos Jean e Marcos, e em 1991 aconteceu o lançamento do primeiro disco, produzido por Michael Sullivan, Zé Henrique do Yahoo e Cesar Lemos, integrante do The Fevers. Com o trabalho, Jean e Marcos chegaram aos primeiros lugares das paradas em 1991 com a música 'To Morrendo de Saudade'.

As vendas superaram hum milhão e duzentas mil cópias e os garotos conquistaram o Brasil. No disco, estavam as músicas Maria Isabel, Medo da Chuva (Raul Seixas), Última Canção (Paulo Sérgio), Súplica Cearense, com a participação dos melhores da música Sertaneja (Sérgio Reis, Tônico & Tinoco e Roberta Miranda), Dengosa, Ainda me Vingo Dela, Lado a Lado, entre outras. Em 1999, acabou o contrato com a Promoart e os irmãos decidiram dar um tempo, sair da mídia e parar com os shows para estudar música.

Foi então que o sonho começou a acabar, já que após acordarem do sucesso que os vislumbraram, sentiram necessidade de buscar suas raízes familiares e acabaram descobrindo que foram levados ao orfanato por falta de estrutura familiar: na época, a mãe, que tinha problemas com alcoolismo, decidiu deixar os irmãos no orfanato. Atualmente, eles não têm muito contato com a mãe, embora sempre recebam notícias sobre ela. Já com o pai, o contato é constante.

Durante este período de buscas e aprendizado, a dupla foi sendo esquecida, já que não contava mais com a força de divulgação da Promoart e as consultas por preços de show começaram a ralear. Jean contou que do nada eles passaram a não ser chamados para nada e já surgiram várias notícias de que eles tinham morrido.

A dupla, que durou oito anos e acabou em 1999 tem músicas regravadas até hoje por duplas famosas, como César Menotti & Fabiano. Atualmente, Jean tem 30 anos, trabalha em uma loja de materiais para construção é casado e tem uma filha, Dyovanna de 6 anos, que já começa a seguir os passos do pai cantor. Já Marcos está desempregado aos 32 anos, ainda não se casou oficialmente, mas já é pai de Guilherme de 1 ano. Os irmãos ensaiam uma volta ao cenário musical e preparam uma mini-turnê pelo Sul de Minas Gerais lançando o quinto CD, batizado de Festa Country e Vanerão.

 

 

 

 

 

 

portal.portalagora.com Fone: (44) 3133-4000 Rua Renê Táccola, 190 - Centro - Mandaguari - PR